Europa Universalis IV

Continuando com a tradição de “meu deus estamos no primeiro semestre, precisamos divulgar todas as nossas expansões”, a Paradox – após anunciar na última semana a data de Stellaris: Federations, revelou que a próxima expansão de Europa Universalis IV se chama Emperor e se foca no Sacro Império Romano-Germânico, os Estados Papais e outras nações católicas.

Já muito aludido nas dezenas de diários de desenvolvimento postadas no fórum da Paradox de 2019 para cá, Emperor tenta seguir o mesmo modus operandi das últimas expansões para Hearts of Iron IV e Stellaris: focar nos conflitos internos ao invés de expandir ainda mais o sistema de “pintar mapa”.

As mudanças previstas para a expansão são um novo sistema de revoluções, novas missões para nações da Europa, novos sistemas de intriga, centralização ou descentralização para o Sacro Império Romano-Germânico e mecânicas que podem reduzir o avanço da reforma protestante.

Os pormenores da expansão também incluem um novo sistema de mercenários que agora são influenciados por sua nação de origem. Se um grupo de mercenários vem, por exemplo, da Hungria e você joga como o Grão-Ducado de Moscovo, as tropas irão demorar mais tempo para serem recrutadas.

Isso é só a ponta do iceberg para Emperor; os diários também incluem mudanças nos Estates, mudanças no mapa da Itália, Balcãs e Alemanha, e refinamentos na interface. Recomendo que vocês deem uma olhada nos diários, pois são quase 45 que cobrem praticamente todos os aspectos divulgados até então.

Emperor ainda não tem data para sair, mas não fique surpreso se ele der as caras antes de junho. Com sorte, sem aquela história de assinatura para Europa Universalis IV ou sem os bugs de Hearts of Iron IV: La Résistance.

Paradox anuncia Europa Universalis IV: Emperor

About The Author
- Ex-colaborador da EGW e redator para o BABOO. Tento constantemente entender sistemas e relacioná-los às emoções e reações que sentimos nos jogos.