Scourgebringer

Olha, eu não sei se é a falta de dormir que tem acontecido no último mês, mas eu perdi o jeito de jogar ScourgeBringer. A triste descoberta ocorreu quando fui testar a primeira grande atualização desde que entrou em acesso antecipado, “Living Walls”.

Com uma nova área repleta de inimigos que vão te dar uma imensa dor de cabeça, a atualização conta com quatro novas bênçãos – “buffs” encontrado em altares durante a partida – um novo chefão e a adição de um codex que conta melhor a história do que aconteceu naquele mundo.

Até então eu só encontrei duas entradas desse codex e devo dizer que elas são tão intrigantes quanto explorar o mapa em si. A única coisa desmotivadora é que eu perdi o jeito de fazer os combos, e agora não consigo mais tanto dinheiro para comprar armas como a minigun ou aumentar a minha vida. Perseverança Lucas, uma hora eu pego o ritmo de novo.

Vale lembrar que eu já escrevi as minhas primeiras impressões sobre ScourgeBringer, e é um dos meus roguelites recomendados de 2020.

Já a lista de alterações está disponível no Steam. A versão final está prevista para ser lançada ainda este ano tanto no PC como no Xbox.

ScourgeBringer é expandido com nova área e habilidades

About The Author
- Ex-colaborador da EGW e redator para o BABOO. Tento constantemente entender sistemas e relacioná-los às emoções e reações que sentimos nos jogos.