Youngblood

Se você leu a minha análise de Wolfenstein: Youngblood, você sabe que eu não caí de amores por ele. Repetitivo, mecânicas desnecessárias e muito tédio. A atualização 1.0.7, já disponível no PC e consoles, tenta remediar isso.

Além de novas habilidades, a atualização inclui dois novos tipos de missões – caça ao tesouro e mapas do tesouro. A primeira é uma missão separada para jogadores de nível 40, ao completá-la você terá acesso ao sistema de mapas de tesouro, artefatos que estão espalhados no mapa. Obtenha-os e receba recompensas. Que recompensas? Perdoe-me, não sei, pois não tenho Youngblood instalado. Se for para dar um chute, mais pontos de experiência e skins cosméticas.

Por fim, a atualização também adiciona três novos inimigos, os Wurmlochsoldat capazes de se teleportarem, Turmhund e o drone Electrodrohne Tesla.

A atualização aponta para mim que Youngblood quase chegou a ser um “live service” em algum ponto de seu desenvolvimento. Tendo em vista o quão lento são as atualizações (ainda bem, pois não quero nenhum desenvolvedor se matando com mais um “Games as a Service”), a ideia deve ter sido deixada de lado.

A lista completa de alterações você encontra no site oficial.

Wolfenstein: Youngblood recebe novas missões

About The Author
- Ex-colaborador da EGW e redator para o BABOO. Tento constantemente entender sistemas e relacioná-los às emoções e reações que sentimos nos jogos.