Diga o que quiserem, mas declarar Outward como um RPG que não seja de nicho é algo que soa impossível na minha cabeça. É por conta disso que fiquei um tanto surpreso em saber que – junto com a publicação do novo vídeo sobre o DLC Three Brothers – ele atingiu a marca de um milhão de cópias vendidas.

Vamos ser sinceros, Outward não se destaca pela beleza, é punitivo até dizer chega e conseguiu ficar mais difícil com o seu primeiro DLC – The Soroboreans. O número é ainda mais mais significativo se você colocar na balança que a Nine Dots Studios é uma equipe pequena com uma imensa ambição.

Todavia, o que realmente me interessa é o mapa de Caldera e a cidade de Sirocco do DLC Three Brothers. Esta é a primeira vez que a Nine Dots Studio as mostra com mais detalhes como funcionará o sistema de reconstrução da cidade — um dos elementos chave do DLC — e os novos tipos de inimigos.

Para a minha surpresa o sistema é mais complexo do que eu esperava; a Nine Dots Studios adiciona uma grande variedade de novas construções mas você tem um espaço limitado, ou seja, hora de escolher o que for melhor para a sua partida.

Com isto feito você não só terá de gerenciar a reconstrução como também o fluxo de caixa da cidade. Escolha edificações caras demais e se prepare para ter que se desdobrar para mantê-las ativas.

O vídeo também apresenta o novo treinador, Primal Ritualist. O seu principal diferencial é o uso de tambores ou totens ao invés de mana para ativar habilidades ou magias. O ponto negativo? Você tem que literalmente bater no tambor para ativar a magia, algo que nunca é fácil durante o combate de Outward.

Por falar nele, a Nine Dots já confirmou que os inimigos de Three Brothers terão atributos especiais como…. a chance de ignorar 50% das suas resistências. Divertido, não? Lá vou eu chorar jogando Outward de novo.

Outward: The Three Brothers sai em 15 de dezembro no Steam, Epic Games Store e GOG. Versão consoles ficou para o começo de 2021.

Vídeo mostra mecânicas e novos inimigos de Outward: Three Brothers

About The Author
- Ex-colaborador da EGW e redator para o BABOO. Tento constantemente entender sistemas e relacioná-los às emoções e reações que sentimos nos jogos.