Armello

Minha relação de amor e ódio pelo boardgame Armello existe desde que ele saiu no acesso antecipado do Steam. Eu adoro a estétitca, amo as mecânicas, adoro que ele gira (muito) em torno de intriga e despistar o seu oponente. Detesto a sua interface e como ele lida com lobbies no modo online. Felizmente, muitas críticas vão desabar a partir que a versão 2.0 for finalmente lançada. Ela entra em beta nesta quarta-feira e a versão final está prevista para 26 de fevereiro.

Depois de (zilhões) de pedidos da comunidade, Armello finalmente permitirá que você volte a uma partida multiplayer caso sua internet caia ou você sofra algum tipo de dessincronizarão. Uma funcionalidade dessas parece besta, mas é tão importante e o fato que até hoje não tínhamos era um absurdo.

A interface – que para mim era uma grande zona – também vai receber o “carinho” que merece, com uma função de loadouts para cara herói (incluindo skins) – e a inclusão de um sistema de pontos de experiência para cada herói. Jogue mais com ele, libere novos itens cosméticos. Uma pequena mudança, mas que pode motivar muitos a mudarem as táticas, ou quem sabe mudar de herói.

A comunidade de Armello continua consideravelmente pequena no Brasil e no mundo. É um jogo que eu piamente acredito que deveria ter sido mais adorado e revisitado ao longo dos anos. Mas, com a quantidade de jogos de alta qualidade – independentes ou não – é compreensível que ele meio que tenha sido “esquecido” no tempo. Espero que a atualização 2.0 revitalize um pouco a comunidade.

O site oficial entra em mais detalhes e já conta com uma lista preliminar das principais mudanças.

Versão 2.0 do board game Armello entra em beta

About The Author
- Ex-colaborador da EGW e redator para o BABOO. Tento constantemente entender sistemas e relacioná-los às emoções e reações que sentimos nos jogos.