A minha teoria é que: se você for fazer um RPG, é bom que uma ou mais classes tenham pets. O meu urso foi o que me salvou em certos combates de Pillars of Eternity 1 e 2. E, pelo visto a Gato Salvaje, desenvolvedora de Waylanders, recebeu o recado.

Além de confirmar que o jogo terá a sua data de lançamento revelada em 8 de junho, Rangers poderão ter 12 tipos de animais como companheiros. Ao invés de serem meras “unidades” como se vê em muito RPG por aí, cada um deles terá habilidades específicas. Não é a toa, afinal a lista inclui: cachorros, lobos, javalis, cervos, coelhos, ursos, panteras, aranhas, aves, dragões e drakes.

Personagens que não são rangers também poderão ter pets, mas de forma limitada como em outros tipos de RPGs. Esses aparecem como invocações ou no caso de goblins, wisps que podem curar ou ajudar no combate.

No momento Waylanders está em alpha para quem apoiou o projeto no Kickstarter. É provável que além da data de lançamento, tenhamos mais detalhes sobre a jogabilidade em si. Aleluia, pois estou muito interessado em conhecer mais sobre ele.

Veja a lista de pets presentes em Waylanders

About The Author
- Ex-colaborador da EGW e redator para o BABOO. Tento constantemente entender sistemas e relacioná-los às emoções e reações que sentimos nos jogos.