Bard's Tale IV

Sempre que penso em Bard’s Tale IV: Barrows Deep, imagino o quão dividida a comunidade de RPGs – particularmente os fãs de dungeon crawlers em primeira pessoa – vai ficar quando ele for lançado na próxima terça-feira (18). Uns dirão que não se parece com a trilogia original, outros vão criticar o combate, a estética. O trailer de lançamento – divulgado nesta quinta-feira junto com o início do período de pré-venda tanto no Steam como no GOG – certamente não ajuda na presunção de que o game da InXile é mais “gráficos” do que outra coisa.

Se você não conhece, Bard’s Tale IV é a continuação de uma série de dungeon crawlers em primeira pessoa consideravelmente famosa e influente de meados da década de 80. A sequência planeja unir uma boa dose de exploração e puzzles com combate em turnos. A maior mudança nesse sistema fica para a presença de duas fileiras, batalhas opcionais (agora você verá os inimigos no mapa e pode se esquivar deles) e maior “sinergia” entre habilidades. Estou curioso para esta última funcionalidade, pois sinergia entre magias e habilidades sempre funciona muito bem em teoria. Na prática, porém, sempre acaba em zona.

Sugiro que você também assista o “spotlight” do combate caso queira saber como o combate de Bard’s Tale IV funciona.

Assista ao trailer de lançamento de Bard’s Tale IV

About The Author
- Ex-colaborador da EGW e redator para o BABOO. Tento constantemente entender sistemas e relacioná-los às emoções e reações que sentimos nos jogos.