Armada 2

Com o seu lançamento previsto para 24 de janeiro no PC e consoles, a Tindalos Interactive finalmente divulgou nesta sexta-feira (11) mais detalhes sobre o funcionamento da campanha de Battlefleet Gothic: Armada 2 e como o mapa está mais dinâmico na sequência.

Enquanto o primeiro Armada tinha uma curva de aprendizado um tanto acentuada, com chances de você perder as primeiras missões e ter de refazê-las inúmeras vezes, a Tindalos aposta em um universo onde a conquista de setores traz maiores benefícios para a sua facção. Planetas tem um componente estratégico mais relevante, como a obtenção de fazendas para aumentar o crescimento do seu império, produção de espaçonaves, e por aí vai.

Esse mesmo dinamismo é válido para as facções, que utilizam mecânicas diferentes para obter esses planetas. Os Tyranids, por exemplo, podem “sugar a vida” de planetas ao invés de criar uma colônia. Só esses pequenos detalhes já são um imenso avanço em comparação ao antecessor.

O segundo beta de Battlefleet Gothic: Armada 2 está previsto para 15 de janeiro, mas só para aqueles que compraram durante a pré-venda no Steam.

Trailer de Battlefleet Gothic: Armada 2 revela campanha

About The Author
- Ex-colaborador da EGW e redator para o BABOO. Tento constantemente entender sistemas e relacioná-los às emoções e reações que sentimos nos jogos.