Em nota, a Gato Salvaje Studio anunciou que The Waylanders – RPG em tempo real com pausa (RTWP) entrará em acesso antecipado via Steam durante o inverno (no hemisfério sul) e apresentou os primeiros personagens que estarão presentes.

Resultado de um Kickstarter realizado em 2018, a desenvolvedora se diz fortemente inspirada por jogos como Dragon Age e Baldur’s Gate. Nota-se pelo tipo de personagens que estarão no jogo. Em uma mistureba de mitologia céltica com o período medieval, você tem o seu típico mago / druida “Amergin” que vai atuar como o “espertalhão” da party, o peculiar “Heraklios” – um mercenário grego que gosta de se envolver em brigas mas que precisam ser “justas” para ambos os lutadores –, a ladina “Mal” que… bem… é o que você espera. A Gato Salvaje a define como reservada, letal e com um histórico de caçar monstros.

Para mim o que mais me interessa é o sistema de classes e o combate em si. A promessa que Waylanders tenha seis classes-base e 30 classes avançadas. Dentro dessas 30 classes haverá 12 diferentes formações de combate que vão mudar o estilo de luta e como você visualiza o terreno / oportunidades e pontos de defesa dos inimigos.

Devo dizer que é um projeto um tanto ambicioso para uma equipe independente. Nem mesmo a Obsidian ou a Larian coloca tanta classe em um jogo só. O que pode resultar em duas coisas: Waylanders vai ser totalmente desbalanceado ou vai ser um paraíso para quem gosta de min-max. De qualquer forma, acompanharei de perto.

Veja abaixo o trailer apresentado na Gamescom 2019:

The Waylanders entra em acesso antecipado este ano

About The Author
- Ex-colaborador da EGW e redator para o BABOO. Tento constantemente entender sistemas e relacioná-los às emoções e reações que sentimos nos jogos.