Six Ages

Depois de mais tempo do que eu gostaria de estar disponível para mobile, a Kitfox games e a “A Sharp” confirmaram o lançamento do sucessor espiritual de King of Dragon Pass, Six Ages: Ride Like the Wind para 17 de outubro tanto no Steam como no GOG.

Ambientado na idade de bronze da região de Golanthra, Six Ages busca criar uma ponte entre um “livro interativo” e um jogo de estratégia em turnos. Muito como Dragon Pass você controla um clã que passa por um período conturbado e que suas decisões teoricamente irão definir o futuro dele.

A maior parte do tempo gasta no jogo vai ser lendo dezenas e centenas de textos e tentando decifrar quais das opções oferecidas vai ser melhor para o clã. Acredite, ele transborda história. Golanthra tem uma mitologia que usa como base tradições como o dos incas e das religiões nórdicas e aproveita dela em todos os aspectos do jogo – do combate até as necessidades específicas de cada habitante.

Do que eu joguei de Six Ages no iPhone e de Dragon Pass no computador, muito pouco mudou no quesito de mecânicas entre os dois jogos. Você ainda vai se basear muito no instinto do que em lógica, sua partida pode ir por água abaixo quando menos esperar, e os invernos e a falta de comida podem ser brutais. Mas o universo de Six Ages, ainda mais com o novo clã, é tão cativante quanto o do anterior. Recomendo e muito para aqueles que gostam de jogos como Sunless Sea / Skies ou Heaven’s Vault.

Six Ages: Ride Like the Wind sai 17 de outubro no PC

About The Author
- Ex-colaborador da EGW e redator para o BABOO. Tento constantemente entender sistemas e relacioná-los às emoções e reações que sentimos nos jogos.