Fall of the Samurai

Em nota, a Creative Assembly anunciou que a expansão Fall of the Samurai para Shogun 2 foi relançadao como um título separado da franquia “Saga” com o nome de Total War Saga: Fall of the Samurai. Aqueles que compraram anteriormente receberão a expansão gratuitamente junto com todas as facções lançadas para elas.

Qual o motivo por trás da decisão da Creative Assembly em separar os dois jogos? Bem, primeiro por conta de “branding”, afinal a expansão se passa 400 anos depois dos eventos do jogo original e conta um período bem específico da história do Japão. De acordo com a empresa, ela foi “referência” na criação dos spin-offs (que parece não ter surtado muito efeito se levarmos em consideração que Thrones of Britannia não é lá essas coisas)

Já o segundo ponto deve ser testar a sanidade mental de qualquer fã de Total War ficar com as contínuas segmentações e mudanças de nome que ocorrem quase anualmente. Como se já não tivesse bastado eles terem mudado o nome da franquia inteira para incluir “Total War” no começo, adicionado um launcher unificado e agora isso.

Vale apontar também que no momento da publicação desta nota (17:17, horário de Brasília) a inclusão do jogo na biblioteca do Steam para os antigos donos da expansão ainda não aconteceu, então não se assuste caso abra o aplicativo e não veja Fall of the Samurai na sua lista de DLCs.

Diferente do que foi feito com as recentes expansões para Rome II, Total War Saga: Fall of the Samurai não contará com nenhuma melhoria visual; o que torna a segmentação ainda mais inútil, pois há uma imensa possibilidade de quebrar a compatibilidade com dezena de mods — por muitos anos um dos maiores atrativos dos jogos da Creative Assembly. Agora é torcer para que o efeito seja mínimo e que os autores desses mods ainda estejam ativos para consertar caso seja preciso.

Shogun 2 – Fall of the Samurai é relançado como Total War Saga: Fall of the Samurai

About The Author
- Ex-colaborador da EGW e redator para o BABOO. Tento constantemente entender sistemas e relacioná-los às emoções e reações que sentimos nos jogos.