Surviving the Aftermath

Na minha última nota sobre Surviving the Aftermath, mencionei como que o período de acesso antecipado pode fazer bem ao jogo. Com a sexta grande atualização lançada nesta quinta-feira (09), isso se torna cada vez mais verdade. Além de uma série de ajustes no sistema de mercadorias, o jogo recebe mecânicas de combate.

O combate ocorre em tempo real e é realizado pelos membros da sua colônia que assumem o papel de especialistas. De início eles irão defender sua colônia contra animais como ratos gigantes, minhocas radioativas ou javalis. A partir do mid game bandidos podem aparecer aleatoriamente e demandar recursos, caso negue os especialistas entrarão em combate com eles – tanto dentro da colônia como nos portões dela.

Os portões também receberam um novo nível de defesa, dois novos veículos (Van e Offroader) foram adicionados, uma construção para melhorar a higiene da colônia no early game está disponível e a árvore de tecnologia agora mostra notificações nos cantos da tela.

A partir de agora o desafio vai ser se Surviving the Aftermath vai conseguir “ganhar” do recém-lançado em acesso antecipado Endzone – a World Apart. A temática é similar, mas as mecânicas são bem distintas. Enquanto a Iceflake se estabelece no estilo de Surviving Mars, Endzone é mais um Banished pós-apocalíptico e até então ele está na frente em questão de complexidade e desafio. Aguardamos para ver o que as futuras atualizações nos aguardam.

Bem que a Paradox podia fazer mais títulos em acesso antecipado. (Se bem que pode também se dizer que todo lançamento já é um grande acesso antecipado).

Surviving the Aftermath continua em acesso antecipado na Epic Games Store, não há data para ele ser disponibilizado no Steam ou GOG.

Sexta atualização de Surviving the Aftermath adiciona combate

About The Author
- Ex-colaborador da EGW e redator para o BABOO. Tento constantemente entender sistemas e relacioná-los às emoções e reações que sentimos nos jogos.