Suzerain

Na atual conjuntura do Brasil e do mundo, RPGs com temáticas políticas são a última coisa que eu quero pensar. Mas, como política é inerente da humanidade, também não posso me esquivar dela. É por isso que eu arregalei os olhos e fiquei interessadíssimo após jogar a demo do recém-anunciado Suzerain da Torpor Games.

A demo, que está disponível no Steam durante a LudoNarraCon – evento sobre adventures, RPGs e narrativa – conta a história de Sordland, um país que viveu duas décadas de ditadura militar e agora tem o seu primeiro presidente. Todavia, a “velha guarda” de seu partido ainda manda e desmanda nas pautas de todas as esferas socioeconômicas.

Sendo assim, você não tem o “controle direto” da situação e muito do que acontece dentro e fora do governo é informado para você por meio de ministros, jornais ou até boatos. É interessante de jogar não só por esse elemento, mas também pela Torpor ditar muito bem o ritmo e como cada partido – seja aliado ou da oposição – apresenta as suas pautas.

Isso também se estende para opinião de cada estado / província de Sordland. Algumas buscam o retorno da ditadura, outras esperam reformas democráticas, abertura do comércio exterior, e o interesse da população quase sempre entra em cheque com o seu.

Suzerain não puxa sardinha para nenhum lado. Ele é moldado pela experiência do jogador, mas não significa que ele seja apolítico. Cada reforma que você passar ou partido que você apoiar terá uma repercussão. Se você acha que oprimir a população de Sordland porque ela não gostou de uma decisão sua é o caminho certo, Suzerain manda um grande “agora lide com as consequências”.

Ele foi eficaz em uma coisa: me deixar tenso o tempo todo. Cada diálogo com um novo membro do meu partido ou uma reunião de gabinete dava a impressão de que o governo ia desmoronar no próximo mês. Estados mudavam de opinião, governadores pediam ajudas que muitas vezes eu não podia dar, possíveis revoltas populares borbulhavam. Não sabia para que lado olhar, como manter o equilíbrio e ainda levar Sordland para um futuro melhor. Caso a narrativa da versão final mantenha o impacto da demo, Suzerain pode garantir um lugar ao lado de Disco Elysium.

RPG Suzerain é anunciado na LudoNarraCon

About The Author
- Ex-colaborador da EGW e redator para o BABOO. Tento constantemente entender sistemas e relacioná-los às emoções e reações que sentimos nos jogos.