Hand of Merlin

Quando comentam comigo que alguns jogos em acesso antecipado “demoram” a ser atualizados, eu aponto para Hand of Merlin. Vocês já tentaram acompanhar a lista de alterações que esse jogo recebeu desde que deu as caras em maio? É a mais pura insanidade! Uma semana são novos heróis, na outra são novos monstros – como é o caso da mais nova atualização “A New Evil”.

A proposta dela é trazer um pouco mais de desafio e complexidade para o combate tático. Para isso ela inclui uma nova classe de monstros com ataques à distância. Um deles é o Basilisk, que é capaz de soltar veneno diretamente nos seus personagens ao invés de um ataque em área.

Junto a ele vem uma segunda classe de bandidos, os Mystic Bandits. O primeiro é o Enchanter – capaz de cegar seus personagens ou usar mercúrio para corroer uma área e causar dano a cada turno – e o Witch, que pode restaurar vida aos aliados e bloquear áreas com fogo.

Pode não parecer muito para quem está de fora ou não jogou Hand of Merlin ainda, mas a maioria dos inimigos até então eram focados no combate corpo a corpo, o que deixava algumas batalhas um pouco entediantes. Agora eu ao menos já sei que irei apanhar tudo de novo para completar uma Run.

Hand of Merlin ainda não tem uma data de lançamento definida, mas a versão de acesso antecipado é muito bem polida e é uma gigantesca recomendação da minha parte se você gosta de jogos de estratégia em turnos, mecânicas de roguelite e sofrer ao perder uma run por conta de dezenas de wipes.

A lista completa de alterações pode ser encontrada no fórum do Steam.

Roguelite “Hand of Merlin” ganha novos inimigos com “A New Evil”

About The Author
- Ex-colaborador da EGW e redator para o BABOO. Tento constantemente entender sistemas e relacioná-los às emoções e reações que sentimos nos jogos.