Tainted Grail

Tem vezes que eu compro uns jogos em acesso antecipado meio sem fé. “Espero que completem um dia”. Tainted Grail foi um desses. O conceito era interessante: roguelike, deckbuinding e exploração. A execução? Mediana. Depois de uma série de modificações até mesmo na sua estrutura, a desenvolvedora Awaken Realms confirmou que ele será lançado em 27 de maio via Steam e GOG.

Junto com o anúncio a empresa disponibilizou a última grande atualização pré-lançamento. Esta inclui novo conteúdo de história, chefões e NPCs. 460 novas cartas, 50 habilidades passivas e um novo visual para os ambientes e os inimigos. Aqueles que já possuem o game em acesso antecipado podem esperar um download de pouco mais de 3GB.

O que me atraiu de início em Tainted Grail: Conquest foi justamente a sua premissa. Com a possibilidade de escolher diferentes classes, você deve explorar uma floresta com apenas uma tocha – que tem uma durabilidade bem curta – e escolher bem quando entrar em combate e quando fugir. Não vou dizer que o período de desenvolvimento foi suave, mas ver o trailer de lançamento e dar uma bisbilhotada na nova atualização me garantiram que Tainted Grail: Conquest está no caminho certo para ser fantástico.

Roguelike “Tainted Grail: Conquest” sai no final de maio

About The Author
- Ex-colaborador da EGW e redator para o BABOO. Tento constantemente entender sistemas e relacioná-los às emoções e reações que sentimos nos jogos.