Trackmania

Eu teria algum saudosismo por Trackmania se ele não permanecesse instalado no meu computador como se fosse um componente essencial do tipo Word ou um navegador de internet. O que ele precisava era de uma interface refinada, mas a Ubisoft preferiu por fazer um “remake” / “reboot” da série – inicialmente focado no mais famoso de todos, Nations – e está disponível a partir desta terça-feira (1º) via Epic Games Store e uPlay.

Diferente do modelo anterior de Trackmania, a Ubi quer torná-lo um “Game as a Service”. Você tem a sua versão de Acesso Iniciante, que é gratuita, o “Acesso Standard” que sai por R$39,99 e é valida por uma temporada e o “Acesso ao Clube” que sai por R$119,99 (um ano).

Aqueles que optarem pela versão “Iniciante” tem acesso as 25 pistas da campanha oficial,  editor de pistas e as pistas criadas pela comunidade e competir semanalmente em ligas. Já a versão “Standard “permite uso avançado das ferramentas de edição de pistas e participar de eventos online. Por fim, a “Acesso ao Clube” traz mais funções de personalização para o carro e mais funções sociais – as quais não foram descritas até então.

Ainda não sei como me sentir em relação a isso. Sei que a Ubisoft precisa ganhar dinheiro (afinal, ela no fim do dia ainda é uma empresa), mas Trackmania cresceu justamente por conta da sua comunidade. A comunidade passou os últimos anos refinando pistas e prevenindo o “esquecimento” da franquia via servidores da comunidade, torneios de desenvolvimento de pistas e a facilidade que se tem de entrar em uma corrida contra o tempo e simplesmente relaxar. Por outro lado, o preço gratuito dá uma boa porta de entrada (apesar de que o primeiro Nations fez isso de uma maneira muito mais agradável).

Aguardarei meu julgamento final até por as minhas mãos nesse remake, que pelo menos está visualmente estonteante.

Remake de Trackmania é lançado via Epic e Uplay

About The Author
- Ex-colaborador da EGW e redator para o BABOO. Tento constantemente entender sistemas e relacioná-los às emoções e reações que sentimos nos jogos.