Phoenix Point

Em nota a Snapshot Games, empresa fundada pelo criador de X-COM Jullian Gollop, anunciou que o seu game de estratégia em turnos Phoenix Point foi adiado para junho de 2019. Ele atualmente está em fase de pré-alpha para quem é backer.

O motivo não é incomum para quem acompanha a indústria de jogos, Phoenix Point — que tem fortes influências de X-COM —requer mais tempo de desenvolvimento para ficar polido e a desenvolvedora ainda está em processo de expansão e contratação de novos funcionários.

A notícia não vai impressionar muito quem jogou a versão lançada no começo de maio, que conta com uma missão da história e outras missões geradas aleatoriamente. O conceito em si é bom, e a execução já está muito melhor do que é esperado. No entanto, pouco foi falado ou demonstrado sobre a camada estratégica do game — onde o jogador irá recrutar novos soldados, realizar pesquisas e expandir a base. Tendo em vista que a previsão original era o terceiro trimestre desse ano, já imaginava que a Snapshot Games e seus pouco mais de 30 funcionários conseguiriam acabar a tempo. Nessas horas, quanto menos pressa melhor.

Você pode dar uma olhada mais aprofundada na jogabilidade de Phoenix Point via o trailer de gameplay abaixo. Destaco algumas diferenças em relação a X-COM, como a inclusão de um sistema de willpower ao invés do tradicional cooldown para o uso de habilidades e a opção de arrancar partes específicas dos monstros para ganhar vantagem tática.

Phoenix Point é adiado para 2019

About The Author
- Ex-colaborador da EGW e redator para o BABOO. Tento constantemente entender sistemas e relacioná-los às emoções e reações que sentimos nos jogos.