Olha, coragem da Paradox anunciar qualquer tipo de conteúdo para Europa Universalis IV depois do absoluto desastre que foi Leviathan. Mas, pelo visto a desenvolvedora jogou boa parte dos problemas para o lado e anunciou nesta terça-feira o “Immersion Pack” Origins para 11 de novembro por US$9,99. Preço no Brasil ainda não foi divulgado.

Para quem não conhece, os “Immersion Pack” são pacotes focados em aprimorar uma região ao invés de trazer novas mecânicas para Europa Universalis IV como um todo. Como o nome deixa implícito, Origins se foca no continente africano e trará novas missões para as principais nações da região. Dentre elas estão Etiópia, Mali, Congo e Mutapa.

A desenvolvedora já vinha fazendo alusão ao conteúdo do pacote nos últimos diários de desenvolvimento. O mais recente, publicado em 13 de outubro se foca tanto no pacote quanto na atualização 1.32 que será lançada gratuitamente em conjunto. Ela trará 11 novos monumentos para as Américas, 16 novos para a Europa, 5 para a áfrica e 19 para a Ásia.

Já as missões de nações como Etiópia podem ser vistas no diário de desenvolvimento publicado em 21 de setembro. Devo dizer que, apesar do meu receio, as missões da Etiópia estão muitíssimo mais interessantes do que o pacote “genérico” que tínhamos até então.

A principal questão para mim vai ser: A atualização 1.32 e Europa Universalis IV: Origins trará soluções ou mais problemas para o game? Sejamos sinceros, a última coisa que o Grand Strategy está é estável e não quero ter que recomeçar uma centésima partida por conta de bugs.

Como sou um grande trouxa, irei testar no lançamento e trarei impressões. Alguém tem que sofrer, não é mesmo?

Paradox anuncia DLC “Europa Universalis IV: Origins” para novembro

About The Author
- Ex-colaborador da EGW e redator para o BABOO. Tento constantemente entender sistemas e relacioná-los às emoções e reações que sentimos nos jogos.