Wrath of the Righteous

[ATUALIZAÇÃO 11/02] Após cruzar a marca de um milhão de dólares arrecadados, a Owlcat Games confirmou que Pathfinder: Wrath of the Righteous terá um modo de combate em turnos.

Em nota, a Owlcat Games anunciou nesta terça-feira (4) que o Kickstarter de Pathfinder: Wrath of the Righteous já está no ar. O que ela não imaginava é que a meta de US$300 mil, prevista para o jogo base, seria batida em menos de 24hrs.

A sequência de Kingmaker, que teve as suas primeiras imagens e vídeo divulgadas, é sobre dar ainda mais opções e variedade de estilos para o jogador. A história de uma invasão demoníaca serve como base para aumentar os sistemas de gerenciamento e adicionar uma camada estratégica – a tomada de regiões dos demônios.

Na página do Kickstarter a desenvolvedora aponta que Wrath of the Righteous terá de início seis “caminhos” para alcançar a vitória na campanha. Esses arquétipos podem ser escolhidos assim que certos requerimentos forem alcançados (sejam esses níveis, especialidade em uma classe ou uma escola de magia) e envolvem se transformar em um demônio até controlar uma horda de mortos-vivos como um Lich.

Outras áreas do jogo também foram expandidas, como por exemplo a câmera que agora pode ser girada em 360º — o que vai ser uma ajuda e tanto para as batalhas — dez novos companheiros, opções de romance, cinco novas classes (Arcansit, Bloodrager, Oracle e Witch), e novas opções de romance.

Aqueles interessados em apoiar o jogo podem garantir uma chave a partir de US$28,00. Agora se você quiser fazer parte do beta, é bom separar um bom dinheiro pois ele não sai por menos de US$99,00. A previsão de lançamento é 2021, mas não fique surpreso se ele for adiado por uns meses – algo típico para um CRPG desse escopo.

Owlcat inicia Kickstarter de Pathfinder: Wrath of the Righteous

About The Author
- Ex-colaborador da EGW e redator para o BABOO. Tento constantemente entender sistemas e relacioná-los às emoções e reações que sentimos nos jogos.