Cada vídeo de Morbid: The Seven Acolytes me indica que a desenvolvedora Still Running pode estar a caminho de desenvolver um “souls-like” isométrico com o combate, exploração e atenção visual que o subgênero merece. Quiçá até mais do que Mortal Shell fez para o gênero se formos ver de uma perspectiva em terceira pessoa.

Digo isso pelos dois últimos vídeos divulgados durante a Gamescom; o primeiro durante o IGN Gamescom Studio e o segundo Future Game Show. O apresentado durante na IGN, apesar de ser o mais longo (5 minutos) dá uma geral de como o combate funciona, incluindo seções stealth opcionais e detalhes sobre o funcionamento de itens. Como é de se imaginar, vários itens possuem descrições obscuras, mas não obscuras demais como em Mortal Shell para que acabe sem a menor ideia da utilidade deles.

Entretanto, o vídeo que mais me interessou foi o do Future Game Show. Nele a Still Running apresenta um sistema de sanidade (obviamente inspirado em Bloodborne) mas que além de atrair mais monstros em certas áreas, reduz os seus atributos. Também foi mostrado um sistema de perks que é usado ao invés do sistema mais “tradicional” de níveis. Em suma, você pode escolher um conjunto de cartas que vão de redução de dano sofrido, aumento na quantidade de loot obtida dos inimigos até mais poder de dano com armas de fogo.

Se maleável como visto no trailer, Morbid: The Seven Acolytes pode ser um belo de um jogo para quem gosta tanto de exploração quanto um sistema bem robusto de builds para o New Game + ou possíveis runs mais insanas. Senti muita falta disso em Mortal Shell — sem contar a dezena de outros tais “souls-likes” no mercado — e torço para que isso seja viável no game.

Morbid: The Seven Acolytes está previsto para sair ainda este ano. Plataformas, preços e datas ainda não foram divulgadas.

Morbid: The Seven Acolytes revela mais do combate e “leveling”

About The Author
- Ex-colaborador da EGW e redator para o BABOO. Tento constantemente entender sistemas e relacioná-los às emoções e reações que sentimos nos jogos.