Men of War 2

Men of War, Men of War Assault Squad 1 e 2, dezenas de spin-offs. É de se imaginar que um deles seria a sequência para o original, certo? Nada disso, Men of War 2 – a real sequência para o jogo de estratégia / táticas em tempo real – foi anunciado na noite desta quarta-feira (24) durante o Golden Joystick Awards.

Em desenvolvimento pela Best Way, a mesma do original, Men of War 2 trará duas campanhas com o lado Aliado e Soviético na batalha contra a Alemanha Nazista. Embora os cenários delas não tenham sido apresentados, espere o retorno de locais “icônicos” da guerra.

Outra menção importante feita pela Best Way é a implementação de um novo sistema de IA mais robusto e com melhor “pathfinding”. Para quem nunca jogou Men of War, dizer que a IA dele era mediana é ser bem generoso.

Como de praxe a continuação se volta mais uma vez para o modo multiplayer com suporte a partidas PVP e coop contra a IA. A versão final vai contar com a opção de jogar com o Eixo, os Aliados e os Soviéticos com um total de 45 batalhões e mais de 300 veículos. Além disso, suporte a mods já está confirmado.

O que me deixa mais curioso nisso tudo é como a Best Way vai levar a franquia para frente. O trailer de anúncio aponta uma clara melhora visual – o que não necessariamente se reflete em melhorias de desempenho. Men of War sempre foi um jogo que adorava sugar recursos do PC, ainda mais em batalhas com um número grande de unidades. Minha torcida é que a sequência mude isso.

Ironicamente, o seu maior “competidor” é a DigitalMindsoft que produziu Men of War: Assault Squad 2 e agora trabalha em Call to Arms – Gates of Hell: Ostfront. Gates of Hell: Ostfront pode não ter a quantidade imensa de unidades, mas já está além do que Men of War 2 mostrou no trailer, mas com um grande “porém”. A IA das suas unidades e as do inimigo ainda são as mesmas de Assault Squad 2.

Se a melhoria na IA e mais realismo forem as cartas na manga da Best Way, pode ser que Men of War 2 saia vitorioso dessa competição.

Men of War 2 é anunciado para 2022

About The Author
- Ex-colaborador da EGW e redator para o BABOO. Tento constantemente entender sistemas e relacioná-los às emoções e reações que sentimos nos jogos.