Armored Brigade

Após divulgar o primeiro trailer de gameplay, a Slitherine e a Veitikka Studios anunciaram que Armored Brigade será lançado em 15 de novembro pela loja oficial da empresa, ainda não há informações sobre preço ou se ele vai ser disponibilizado posteriormente no Steam.

Ambientado durante a guerra fria, Armored Brigade é um imenso “sandbox” de combate. Nele você pode escolher dentre diferentes tipos de mapas, unidades do período (1965-1991), nações, definir quais objetivos, horário e clima da região.

Apesar de ter um visual relativamente simples, o que o diferencia de tantos outros lançados nos últimos anos é o extremo foco no realismo e a inclusão de mecânicas como atraso de ordens das unidades por dificuldades de comunicação, influência do clima na movimentação das tropas e simulação de diferentes compartimentos de veículos e a espessura das suas proteções.

Em uma das partidas da versão de preview onde joguei como a União Soviética, um veículo anti-infantaria– o BMP-1 – estava cruzando uma floresta em busca de alvos e também atuando como suporte a minha infantaria que estava paralelo a ele. Não estava muito longe do objetivo, que determinei na configuração do mapa como uma clareira próximo a um vilarejo.

Minutos depois de cruzar a floresta, ele foi alvejado por um tiro de uma arma de grosso calibre na lateral direita. O dano não foi o suficiente para destruí-lo completamente; na hora acreditei ser um veículo leve que também estava na região ou uma tropa munida de um rifle antitanque. Até aí não havia problema nenhum, no entanto a lateral do BMP-1 que foi atingida também servia como o depósito de munição do veículo e das tropas que ele transportava. A parte interna do veículo estava em chamas e o calor fez com que a munição fosse disparada, matando os tripulantes, ferindo parte das tropas que estava próximo ao veículo e assustando outras.

Com o atraso de comunicação entre as tropas e o quartel-general, muitas delas ficaram sem saber o que fazer e com a explosão, tentaram se esconder próximo as árvores ou na proteção mais próxima. Esse efeito dominó gerou uma das batalhas mais sangrentas que presenciei em Armored Brigade. Tentei enviar mais unidades para dar cobertura, fui pego em uma armadilha pois a IA tentou isolá-las do resto do meu batalhão, sendo necessário artilharia e helicópteros para quebrar a então criada defesa do inimigo.

A batalha acabou em um “empate”, com ambos os lados (União Soviética e EUA) sofrendo grandes baixas e o objetivo não sendo capturado. Isso é só uma parcela ridiculamente pequena do grau de complexidade e variedade de Armored Brigade. Sequer testei unidades com lança-chamas, napalm, táticas avançadas – como sincronização de ataque terrestre e aéreo – uso de artilharia para criar curtina de fumaça e outras tantas mecânicas. Pois é, Armored Brigade tem conteúdo de sobra.

Se você quer vê-lo em ação, recomendo os dois previews feitos pelo XTRG em parceria com a Matrix Games. Ele dá uma pincelada nos conceitos gerais e apresenta outras informações sobre a funcionalidade e grau de personalização do game.

Lançamento de Armored Brigade é confirmado para novembro

About The Author
- Ex-colaborador da EGW e redator para o BABOO. Tento constantemente entender sistemas e relacioná-los às emoções e reações que sentimos nos jogos.