Humankind

Hoje é mais um dia triste para os fãs de 4X. A Amplitude anunciou em comunicado à imprensa que Humankind foi mais uma vez adiado. A data de lançamento agora é 17 de agosto.

A principal razão do adiamento está relacionada ao “feedback” recebido da comunidade em relação a múltiplas áreas do jogo. Como descrito em um post no blog oficial da empresa, o tempo extra de desenvolvimento permitirá que ela melhore o ritmo das partidas assim como faça mudanças em algumas mecânicas que estavam ou difíceis demais de entender ou deixavam o jogo “arrastado”.

Um dos exemplos citados pela amplitude é do novo sistema de crescimento populacional. A versão usada para o Opendev era balanceada com base na quantidade de população em uma cidade vs o quanto a cidade podia comportar. Isto gerou confusão nos jogadores e fez com que a desenvolvedora voltasse para um sistema mais “simples” de crescimento populacional com base na quantidade extra de alimento que a cidade recebe. Tal sistema ainda está em fase de testes.

Outra mudança bastante importante ocorre no período neolítico. Este enfrentava dois problemas cruciais: falta de variedade de eventos, e facilidade de obter recursos e estabelecer uma cidade. Consequentemente o período passava “voando” durante uma partida. A Amplitude agora está rebalanceando os custos de alimentação e influência assim como adicionando novos eventos narrativos.

A Amplitude também já confirmou mudanças no sistema de diplomacia, melhorias na interface, adição de novos tutoriais e balanceamento de certas culturas que apresentaram traços que as tornavam fortes demais ao ponto de transformar outras culturas insignificantes.

Eu fico bem feliz em ver uma desenvolvedora do porte da Amplitude listando todos os “defeitos” que ela encontrou durante o período de testes ao invés de só falar “adiaremos o jogo para refiná-lo”. Concordo em grande parte com o novo plano, especialmente no que diz respeito ao já citado período neolítico e diplomacia.

Como alguém que jogou o Opendev Lucy, eu via o potencial de Humankind, mas me sentia muito “limitado” ou confuso em relação a sua interface. O sistema de diplomacia raramente me dava informações cruciais como “a razão de uma nação entrar em guerra comigo”, ou quais eram as minhas vantagens na hora de negociar tratados.

Levando em conta todas as mudanças listadas e o recente vídeo sobre o que pode ser o melhor sistema de combate já feito pela Amplitude, eu prefiro esperar mais um ano se for necessário para jogar Humankind do que uma versão capenga dele.

Humankind é adiado mais uma vez e sai em agosto

About The Author
- Ex-colaborador da EGW e redator para o BABOO. Tento constantemente entender sistemas e relacioná-los às emoções e reações que sentimos nos jogos.