Gloomhaven

Admiro Gloomhaven desde que o vi no Kickstarter, o escopo, o combate tático, o tamanho que ele ocupa na mesa (que me lembra World in Flames). Mas sabia que, no fundo, não havia como eu tê-lo, muito menos ter espaço aqui em casa para montar. Para aqueles que sofrem da mesma “dificuldade” que eu, a Asmodee Digital anunciou durante a Gen Con que uma versão digital está em desenvolvimento e sai no acesso antecipado do Steam em 2019.

Para quem não conhece, Glomhaven é uma mistura de “escolha sua aventura” com um mundo persistente. Cada jogador “monta seu personagem”, explora dungeons, luta contra monstros – obviamente – e depois decide qual o próximo cenário ou quest a ser resolvida. Já deu para perceber que jogar Gloomhaven não é uma questão de minutos, mas sim de horas ou até dias, não é? Essa é uma das principais “críticas” recebidas: o tempo, espaço que ele toma e todo o processo de montagem / desmontagem.

A versão digital não vai ser uma recriação 1:1 do board game, mas sim um roguelite que usará os personagens e o universo de Isaac Childres, criador de Gloomhaven. A maior dúvida (e preocupação) é se o sistema de cartas usado no combate vai estar presente. O sistema foi muito bem recebido pela comunidade e é considerado um dos pontos fortes do game. Ultimamente a Asmodee Digital não tem deixado a bola cair, Scythe — no acesso antecipado do Steam — é uma excelente recriação do boardgame. Portanto, espero que o mesmo aconteça com Gloomhaven.

Boardgame Gloomhaven terá versão digital em 2019

About The Author
- Ex-colaborador da EGW e redator para o BABOO. Tento constantemente entender sistemas e relacioná-los às emoções e reações que sentimos nos jogos.