Borderlands 3

A Correria da Gamescom, ocorrida na última semana na Alemanha, acabou que me fez deixar passar batido algumas informações interessantes sobre Borderlands 3, especialmente aquelas que dizem respeito ao fator de quanto ele pode ser rejogado – o Circle of Slaughter e o Proving Grounds.

O Circle of Slaughter, também presente em Borderlands 2, é uma arena com um sistema de hordas que está espalhado pelo mapa do jogo. Com cinco rodadas compostas de diferentes ondas de inimigos, você receberá uma recompensa caso sobreviva a todas as rodadas. Tal recompensa pode ter sua raridade aumentada ao completar objetivos adicionais – como eliminar uma quantidade determinada de inimigos com ataques corpo-a-corpo, granadas e afins.

Já os Proving Grounds funcionam como corridas contra o tempo. Você tem 30 minutos para eliminar três áreas com inimigos e um chefão. Quanto menor o tempo, maior a recompensa.

O último ponto é bastante pertinente dentro da progressão de Borderlands 3 por serem um componente que fez muita falta em Borderlands 2. Claro, a Gearbox fez as tentativas dela de “expandir” o escopo do jogo com novos modos de dificuldade, mas o que isso gerou foi números inflados e muitos chefões que pareciam esponjas gigantes. Só por esses dois novos sistemas, Borderlands 3 já se apresenta como um jogo bem mais atraente para mim.

Ele será lançado em 13 de setembro para PC (Epic Games Store), PlayStation 4 e Xbox One.

Gearbox divulga as arenas de Borderlands 3

About The Author
- Ex-colaborador da EGW e redator para o BABOO. Tento constantemente entender sistemas e relacioná-los às emoções e reações que sentimos nos jogos.