Em nota, a equipe da Misc Games anunciou que Fishing: North Atlantic – o sucessor espiritual de Fishing: Barents Sea – estará disponível no Steam a partir de 16 de outubro por US$39,99. Preço no Brasil ainda não foi divulgado.

O jogo, que almeja “simular” pesca comercial, é o primeiro da desenvolvedora a ser publicado de maneira independente. Enquanto Barents Sea teve a ajuda da Astragon, mas foi lançado com uma série de problemas, North Atlantic visa sair do porto com a maioria deles resolvidos.

Um deles, a baixa quantidade de barcos disponíveis, já aparenta ter sido resolvida; a Misc Games já confirmou 25 embarcações com especializações que vão de GPS a sonares. Outra grande mudança em relação a Barents Sea é a inclusão de um sistema “dinâmico” para pesca; diferentes tipos de peixes e criaturas marinhas irão mudar de local de acordo com a temperatura e a estação do ano.

Espero que Fishing: North Atlantic não venha só com toda essa promessa de dinamismo, mas também com uma bela de uma recauchutada na sua interface. O que me fez desistir de jogar Barents Sea não foi a falta de conteúdo – compensada com atualizações e DLCs – mas o quão inconsistente era colocar iscas ou usar sonares.

Ah, e Fishing: North Atlantic também dará suporte a monitores com HDR. Agora sim, pesca em altíssima fidelidade visual, é disso que o povo gosta.

Fishing: North Atlantic é anunciado para dia 16 no PC

About The Author
- Ex-colaborador da EGW e redator para o BABOO. Tento constantemente entender sistemas e relacioná-los às emoções e reações que sentimos nos jogos.