MechWarrior 5

Ora ora ora, e eu aqui pensando que a Piranha Games ia lançar MechWarrior 5 no PlayStation 4/5 sem conteúdo extra. Eis que de última hora empresa anuncia a expansão Legend of the Kestrel Lancers que sai em 23 de setembro tanto para o console da Sony como para o PC e Xbox.

Ao contrário de Heroes of the Inner Sphere, Legend of the Kestrel Lancers é uma campanha separada ambientada durante a quarta guerra de sucessão no universo Battletech. A guerra é tão “famosa” que gerou uma nova nação – a Federated Commonwealth.

Para não tornar esta nota um artigo imenso sobre Battletech, recomendo que leiam mais sobre o conflito no Sarna, a Wiki da comunidade de Batteltech. Em suma, espere a guerra sendo representada no jogo por meio de 14 missões e cenários muito maiores do que os vistos até então, como grandes centros urbanos.

Além deles, a expansão trará novos biomas como selvas e um novo tipo de deserto onde as temperaturas são ainda mais altas e o uso de laser se torna ainda mais perigoso. A Piranha Games também confirmou que não é necessário que todos os jogadores tenham a expansão para poder ter acesso a ela.

Na mesma data MechWarrior 5 vai receber uma atualização gratuita com a inclusão de combate corpo-a-corpo, provavelmente uma das primeiras vezes que eu vi isso acontecer fora de jogos de estratégia – e a possibilidade de alternar entre mechs durante uma batalha. Ou seja, seu mech esta ferrado de tanto tomar dano? Troque para um mech controlado pela IA e termine a batalha.

Eu comentei várias vezes aqui no site que gosto, e muito, de MechWarrior 5. Sempre senti ausência desses combates urbanos que existiam em Battletech mas jamais imaginei que a Piranha Games iria implementá-los. Agora espero que a atualização também corrija o problema de raytracing. Sei muito bem que pouquíssimas pessoas no Brasil tem uma placa capaz de rodar MechWarrior com essa função ativada, mas as sombras ficavam tão mais bonitas, poxa.

Veja imagens e os novos biomas do DLC abaixo:

Expansão de MechWarrior 5 adicionará combate urbano

About The Author
- Ex-colaborador da EGW e redator para o BABOO. Tento constantemente entender sistemas e relacioná-los às emoções e reações que sentimos nos jogos.