Dungeon Defenders

Sabe qual é a minha maior memória de Dungeon Defenders? A quantidade absurda de propaganda que a editora fez durante o Vídeo Game Awards. Foi o de 2015 ou o de 2016? Não me lembro ao certo, também não me lembro do fato que Dungeon Defenders 2 sequer tinha sido lançado. Todavia, isso não impediu a Chromatic Games tentar uma terceira vez com Dungeon Defenders: Awakened, disponibilizado via acesso antecipado por R$74,49.

Apesar do preço meio salgado para o mercado Brasileiro, a Chromatic já chega com um jogo bem recheado de conteúdo. São 12 mapas de campanha para as dificuldades fácil, médio, difícil e insano, modo coop para quatro jogadores, quatro heróis e o tradicional sistema de loot pelo qual ele ficou conhecido.

O conceito se mantém o mesmo dos jogos anteriores: use armadilhas e armas para defender um cristal de monstros e obtenha as recompensas de seu trabalho em equipe. Isto é, quando ele acontece, pois as minhas partidas eram mais uma zona e pessoas colocando armadilhas nos lugares errados do que outra coisa.

Sei que parece que eu estou reclamando um tanto de Dungeon Defenders, mas na verdade eu gosto muito do conceito – ainda mais agora que o próximo Orcs Must Die virou exclusivo do Stadia e não temos um jogo desse estilo por aí. Que os refinamentos de Awakened não sejam só visuais e o combate corpo-a-corpo seja mais responsivo.

Dungeon Defenders: Awakened entra em acesso antecipado

About The Author
- Ex-colaborador da EGW e redator para o BABOO. Tento constantemente entender sistemas e relacioná-los às emoções e reações que sentimos nos jogos.