Drox Operative 2

Enquanto a internet se obcecava com jogos como Grim Dawn, Torchlight 2, Diablo III e o próximo action RPG com grande ênfase em loot, uma pequena desenvolvedora dos EUA vinha desenvolvendo o seu próprio nicho – a Soldak Entertainment. A empresa segue a filosofia de: ter um universo “vivo” moldados pelas ações do jogador e ainda reter o estilo de busca por loot e inimigos mais fortes. Foi o que me fez apaixonar por Drox Operative, e pelo que dá para ver no primeiro trailer de Drox Operative 2 – que entra em acesso antecipado dia 27 – a história vai ser repetir.

Drox Operative 2 é até então o mais próximo de um jogo que une 4X, action RPG e mecânicas acessíveis. Você começa no controle de uma pequena nave fazendo trabalhos para diferentes facções. A partir daí é possível se aliar a uma facção, se tornar um vassalo dela, até mesmo criar uma federação para combater alguma ameaça alienígena. Tudo isso é gerado proceduralmente no começo de cada partida.

Por conta dessa geração procedural eu perdi incontáveis horas no primeiro Drox Operative. Criava builds diferentes, colocava uma facção contra a outra, via o caos se instaurar na galáxia e me divertia no meio disso.

As melhorias previstas para a sequência, além dos visuais refinados, são novos tipos de componentes para a espaçonave, inclusão de raças primitivas (que ainda não descobriram como explorar o espaço), maior variedade de quests e novas anomalias. É estimado que ele fique 9 meses em acesso antecipado, o que tende a ser a média para os jogos da Soldak.

Drox Operative 2 ganha seu primeiro trailer

About The Author
- Ex-colaborador da EGW e redator para o BABOO. Tento constantemente entender sistemas e relacioná-los às emoções e reações que sentimos nos jogos.