Total War: Warhammer II

Quando Total War: Warhammer II foi anunciado, a Creative Assembly comentou que iria se focar mais em DLCs voltados para novas facções do que pequenas variantes. O discurso parece ter se mantido o mesmo desde então. Nesta quinta-feira (4), a desenvolvedora anunciou The Prophet & The Warlock, cujo foco fica para dois novos lordes lendários para os Skaven e os Lizardmen. O DLC será lançado em 17 de abril por R$21,99 no Steam.

Acredita-se que The Prophet & The Warlock serve o mesmo propósito que The Queen & The Crone: expandir a campanha Eye of the Vortex com novas mecânicas e novas quests, enquanto a desenvolvedora trabalha em um conteúdo mais “elaborado”. Os skaven recebem o clã Skyre – cujo forte está no uso de veículos de guerra (se é que posso chama-los disso). Quem jogar com os Skyre terá acesso ao Forbidden Workshop, uma nova edificação que permite melhorar unidades como o Doomwheel e os Doom Flayers. Sua unidade especial é o Doomsphere, uma bomba capaz de destruir uma cidade.

Para os Lizardmen, o foco fica pra o culto de Sotek – um grupo de Lizardmen que acredita na possível volta do deus-serpente por meio do sacrifício. Como mecânica, isso significa sacrificar pessoas para buffs, regimentos de renome (unidades especiais com maior poderes de ataque / defesa / esquiva). Caso complete todos os sacrifícios, você poderá usar o deus-serpente por uma quantidade de turnos não especificada. Não se sabe ainda o tamanho da destruição que causará, mas ao que tudo aponta, vai ser imensa.

The Prophet & The Warlock é uma proposta interessantíssima dentro do contexto de Total War: Warhammer II, foi só em Vampire Coast que começamos a ver eventos que poderiam mudar o destino de cidades (como a construção de baías de piratas). O DLC expande esse conceito, mas me pergunto se os novos clãs não serão um pouco poderosos demais. Ainda mais quando jogados no modo Mortal Empires. Saberei em 17 de abril.

DLC de Total War: Warhammer II trará novas facções Skaven e Lizardmen

About The Author
- Ex-colaborador da EGW e redator para o BABOO. Tento constantemente entender sistemas e relacioná-los às emoções e reações que sentimos nos jogos.