Deep Rock Galactic

Em testes desde meados de janeiro, a Ghost Ship Games lançou nesta quinta-feira (4) a atualização 33 de Deep Rock Galactic. Intitulada “New Frontiers”, ela busca expandir ainda mais os mapas do jogo com a inclusão de novos biomas e inimigos.

Ambos os biomas adicionados, Azure Weald e Hollow Bough, funcionam quase como de maneira contrastante. Azurre Weald é uma das áreas mais “iluminadas” de Deep Rock Galactic e faz com que o uso lanternas não seja necessário enquanto Hollow Bough é praticamente um breu. Neste caso a desenvolvedora “promete” que aparências não enganam – os dois são voltados para jogadores experientes devido a flora local ser muito mais violenta e se defenderem dos novos inimigos, os Mactera Tri-Jaws, Deeptora Bough Wasp, Mactera Brundle e a Stabber Vine  além de variações dos inimigos já presente nos no jogo.

Essas variações de inimigos estão ligadas a mudanças drásticas ao sistema de missão de Deep Rock Galactic. Missões de eliminação agora possuem inimigos ainda mais difíceis e com armaduras especiais, o modo Salvage contém variantes onde você precisa encontrar a pernas da MULE (robô que te ajuda a coletar o minerais) e o Point Extraction recebeu novos visuais.

Eu adoro Deep Rock Galactic e ver que a Ghost Ship Games continua a trabalhar nele me deixa muito, mas muito contente. É um dos raros jogos que falo “é gostoso de jogar até sozinho” e a comunidade é bem convidativa. Aposto que essa atualização vai trazer muita gente de volta, eu incluso.

A lista completa de alterações está disponível no fórum do Steam.

Deep Rock Galactic recebe dois novos biomas nesta quinta-feira

About The Author
- Ex-colaborador da EGW e redator para o BABOO. Tento constantemente entender sistemas e relacioná-los às emoções e reações que sentimos nos jogos.