Eu não estava tão entusiasmado pelo game oficial do Rally Dakar, “Dakar 18” da Bigmoon Entertainment até ouvir as palavras “mundo aberto” e “dificuldade de navegar pelo terreno”. Ok, agora estou interessado. O game foi lançado nesta terça-feira (25) no PC, PlayStation 4 e Xbox One a partir de R$93,99.

A promessa da desenvolvedora, que peculiarmente não é conhecida por trabalhar em jogos de corrida, é “simular” as dificuldades de todas as etapas do Rally; os desertos, a lama, mudanças climáticas e simulação de dia e noite. Assim como no Rally Dakar, o jogador não tem acesso a um mapa, mas sim a um “road book”, um guia que oferece direções para você possivelmente não se perder.

É um conceito pouquíssimo explorado nos games, e tendo em vista que o Rally é um dos mais desafiadores do mundo neste aspecto, ver que ele não perdeu essa essência, e ainda mais oferecendo um mundo aberto, é ter a faca e o queijo na mão para o sucesso. Resta saber como o modelo de direção, e até que ponto esses desafios são de fato “realistas”.

Dakar 18 tenta capturar a essência e as dificuldades do Rally

About The Author
- Ex-colaborador da EGW e redator para o BABOO. Tento constantemente entender sistemas e relacioná-los às emoções e reações que sentimos nos jogos.