Se vocês leram análise de StationFlow, sabem que eu sou um gigantesco fã de jogos que lidam com transportes públicos. Por conta disso eu estava contando os dias até que Overcrowd: A Commute ‘Em Up fosse lançado. Agora disponível em sua versão 1.0 via Steam, já estou mais do que impressionado com ele.

Desenvolvido pela Squareplay Games, o jogo retém um estilo visual bem “clássico” nos ares de Rollercoaster Tycoon mas sem esquecer da complexidade necessária para os dias atuais. Ele possui duas campanhas geradas proceduralmente, a primeira pede para que você construa uma rede metroviária em várias cidades e a segunda construir uma estação do zero. Além disso há desafios diários e tabelas de liderança.

Do pouco que eu joguei da versão final, um dos pontos mais significativos é a variedade de personagens que a Squareplay adicionou em Overcrow. Você terá de construir rampas / elevadores para pessoas que usam cadeiras de rodas, o poder aquisitivo do público de cada estação pode variar de acordo com a região, entre outros pormenores que deixam a partida mais interessante.

Minha única “birra” com Overcrowd é o sistema de bonds; em suma você precisa ter uma estação com uma boa reputação para liberar novos equipamentos e, dependendo do nível de dificuldade, isso pode se tornar uma grande dor de cabeça. Mais de uma vez eu entrei em um loop de perder a campanha no primeiro dia por falta de bancos – que só são liberados caso minha reputação seja no mínimo “competente”.

É bem provável que Overcrowd receba uma ou duas atualizações de balanceamento nos próximos dias, mas na atual conjuntura, já é um belo de um construtor / gerenciador de metrôs.

Construtor de metrôs Overcrowd sai de acesso antecipado com melhorias visuais e mais conteúdo

About The Author
- Ex-colaborador da EGW e redator para o BABOO. Tento constantemente entender sistemas e relacioná-los às emoções e reações que sentimos nos jogos.