Havia uma época onde eu realmente acreditava que era bom em wargames, isto mudou recentemente com Commander – The Great War. A primeira vista, Commander parece ser mais um daqueles títulos inspirados em Panzer General, com unidades sendo movidas por hexágonos. Ele, porém, é muito mais do que isso. Nas primeiras horas eu pensei: “Ok, […]

Read more

Finalmente voltamos a Nova York na pele de Prophet. Agora que Manhathan está muito mais para Crysis 1 do que Crysis 2, podemos ver uma evolução na série, pensei. Estava parcialmente certo. Crysis 3 consegue dar um passo a frente e meio passo para trás na franquia. A partir dos primeiros minutos, não pude ficar […]

Read more

Como é possivel definir saudade? Como podemos transcrever elementos emocionais em uma coleção de elementos racionais? Talvez esta tenha sido a minha maior dificuldade com Proteus, o primeiro e aguardado game de Ed Key. Sua premissa é simples, você acorda em uma ilha e seu objetivo (se é que podemos chama-lo disso), é explorá-la. Não, não […]

Read more

Acho que pelos últimos dois dias eu nunca me senti tão burro em toda a minha vida. Ok, talvez houveram outras vezes, mas em momento algum foi tão explícito quanto as minhas partidas em AntiChamber. Ele está disponível no Steam por R$ 34,99. Antichamber é um puzzle game desenvolvido por Alexander Bruce. Com fortes inspirações […]

Read more

Eu sempre fui fanático por wargames, desde pequeno. Quem me introduziu a este tão restrito, porém cheio de games especiais, foi Close Combat. Panthers in the Fog portanto não tem só um grande peso nostálgico como é uma das principais séries de tactical wargaming disponíveis no mercado. O mais novo lançamento da a Matrix Games […]

Read more