Battletech: Flashpoint

Anunciada no final de agosto, a Paradox e a Harebrained Schemes confirmaram nesta quinta-feira (18) que BattleTech: Flashpoint, a primeira expansão para o game de estratégia com mechs será lançada em 27 de novembro por R$37,99

Ela inclui uma nova cadeia de pequenas histórias e contratos chamados Flashpoints, um bioma tropical, três novos BattleMechs (Hatchetman, Crab e o Cyclops) e um novo tipo de missão chamado Target Acquisition. No Target Acquisition o jogador precisa usar Mechs médios e leves para tomar controle de três pontos no mapa antes que o tempo se esgote. A promessa é que esse conteúdo dure mais de “30 horas”, o que não sei dizer se é bom ou se vai ser um caso de repetitividade desnecessária.

Outro anúncio um tanto inesperado, mas ainda nos moldes do planejamento de conteúdo pós-lançamento da Paradox, é o passe de temporada, uma segunda expansão — Urban Warfare — que deve sair na metade de 2019, e uma terceira expansão ainda sem data. Entre elas haverão as típicas atualizações com novas funcionalidades e, quem sabe, mais complexidade no combate.

BattleTech: Flashpoint ainda é uma grande incógnita para mim. Gosto que teremos um novo bioma para batalhar, mas depois de tantas horas em áreas florestais ou similares, estou um tanto cansado. Por outro lado, muito me interessa a Urban Warfare e o que a Harebrained Schemes pode criar quando adicionar prédios e localidades urbanas no pacote. Que venham novos veículos terrestres e aéreos para os inimigos, um dos traços mais marcantes de MechWarrior 2 e que ainda não foi replicado em outro game ambientado no universo BattleTech.

BattleTech: Flashpoint tem data de lançamento divulgada

About The Author
- Ex-colaborador da EGW e redator para o BABOO. Tento constantemente entender sistemas e relacioná-los às emoções e reações que sentimos nos jogos.