BattleTech

Você realmente achou que BattleTech, especialmente após da Harebrained Schemes ser comprada pela Paradox, não ia receber DLCs? Muito pelo contrário, pelo visto as coisas estão só começando. A publisher sueca anunciou durante a Gamescom que a primeira expansão do game de estratégia em turnos, Flashpoint, será lançada em novembro. Preço ainda não foi divulgado.

Relativamente pequena em comparação com os DLCs imensos que a Paradox tem o costume de lançar, Battletech: Flashpoint inclui uma nova cadeia de pequenas histórias e contratos ambientado em um bioma tropical, três novos BattleMechs (Hatchetman, Crab e o Cyclops) e um novo tipo de missão chamado Target Acquisition. Nele o jogador precisa usar Mechs médios e leves para tomar controle de três pontos no mapa por uma quantidade específica de turnos.

Estéticamente o novo bioma é, obviamente agradável aos olhos (obrigado designers da Harebrained Schemes), mas o meu interesse permanece – como tradicionalmente – no que ele pode trazer à mesa em questão de alterar a dinâmica das partidas. Diferença de temperatura pode fazer com que seu Mech não resfrie tão rápido na água, quem sabe?

Outra curiosidade misturada com preocupação fica o balanceamento dos mechs com o lançamento do Hatchetman, um mech especializado no combate corpo-a-corpo e que usa um machado. Combate corpo-a-corpo já é uma tática bem vista em partidas multiplayer de BattleTech, espero que não fique ainda mais proeminente (ou dominante), e que o próprio Hatchetman tenha alguma “fraqueza” de mobilidade. Ao menos tem o Crab e seus dois slots para lasers de grande alcance – mostrados nas imagens abaixo – que podem ser úteis na hora de o eliminar um Hatchetman em uma distância segura.

Primeira expansão de BattleTech trará novo bioma e missões

About The Author
- Ex-colaborador da EGW e redator para o BABOO. Tento constantemente entender sistemas e relacioná-los às emoções e reações que sentimos nos jogos.