A última vez que joguei Armored Brigade da Veitikka Studios em 2016, ele era um título ambicioso, mas longe de atingir seu completo potencial. Agora em produção junto com a Matrix Games a desenvolvedora finalmente divulgou um novo trailer e mais detalhes sobre os avanços feitos desde então. Acredite, são muitos e incrivelmente complexos.

Armored Brigade busca inspiração em jogos de estratégia clássicos com visão “top down” como Close Combat, aplica uma temática de guerra fria, e faz os devidos ajustes para que os veículos e tropas do período funcionem dentro desse estilo de jogo. O resultado é um jogo que leva em conta os elementos mais simplísticos – como o uso de visão noturna em helicópteros ou veículos de infantaria leve – a condições de terreno e temperatura na região.

Uma das maiores “promessas” do game é a sua inteligência artificial “dinâmica”. Um dos exemplos dado pela Veitikka é de meados de julho, onde dois exércitos tentam dominar uma região montanhosa. Ao invés de simplesmente “enviar as tropas” para a frente de batalha como muitas IAs fazem, a de Armored Brigade se aproveita bastante de veículos de reconhecimento para identificar o terreno e possíveis ameaças. Veículos de reconhecimento também aparecem na metade da batalha, aqui para reverificar se o oponente mudou a posição das tropas ou não. Recomendo dar uma lida em outros diários de desenvolvimento, como o sistema de planejamento de batalha e o de criação dos mapas.

Agora, se você está com três horas livres, dê uma olhada na transmissão realizada nesta segunda-feira (8) via Twitch onde XTRG entra nas minuciosidades do título. Bem melhor que o ligeiramente decepcionante trailer divulgado pela Matrix Games. Armored Brigade está previsto para o terceiro trimestre desse ano.

Batalhas noturnas, sistema de planejmamento e mais em novos vídeos de Armored Brigade

About The Author
- Ex-colaborador da EGW e redator para o BABOO. Tento constantemente entender sistemas e relacioná-los às emoções e reações que sentimos nos jogos.