Hegemony III

Quase um ano após o lançamento, Hegemony III: Clash of the Ancients recebeu a atualização 3.2, que adiciona um novo sistema de rebeliões, alterações no controle de território e economia.

O game desenvolvido pela Longbow Games e ambientado durante o período de unificação das facções presentes no território agora ocupado Itália teve suas zonas de suprimento alteradas para territórios. Estes agora são automaticamente fundidos quando conquistados e reduz o microgerenciamento e linhas de suprimento para exércitos.

As cidades agora têm seus sistemas de taxas e consumo de comida designados individualmente. Tais valores contribuem para o aumento ou redução da moral da população. Uma moral baixa resulta em um novo sistema de rebeliões.Os rebeldes agora podem destruir linhas de suprimento, fazendas, criarem acampamentos para recrutamento de novos seguidores ou liberar escravos para ajuda-los no combate.

O motivo da atualização ser tão “importante” para o jogo é o fato de alterar parte dos sistemas que arrastavam Hegemony III para baixo. Não era um jogo ruim, mas definitivamente carecia polimento. Ainda não tive tempo de explorá-la a fundo, apenas o sistema de territórios, que já considero um grande passo para tornar Hegemony mais atraente de maneira geral tanto para os jogadores atuais como para as sequências.

A lista completa de mudanças está disponível no fórum do Steam, o vídeo abaixo mostra algumas das principais delas:

Atualização 3.2 para Hegemony III inclui novo sistema de rebeliões

About The Author
- Ex-colaborador da EGW e redator para o BABOO. Tento constantemente entender sistemas e relacioná-los às emoções e reações que sentimos nos jogos.