Shin Megami Tensei V

De acordo com o histórico de postagem do site, faz mais de quatro anos que eu não abro a boca para falar sobre Shin Megami Tensei. Bem, não é a toa. Com a exceção da tradução de Shin Megami Tensei If em 2018, havia pouco a ser falado sobre a franquia além do mesquinho trailer do “quinto” game. No Nintendo Direct desta segunda-feira (20) a desenvolvedora não só divulgou um novo trailer de Shin Megami Tensei V, como confirmou um lançamento simultâneo para 2021 no Switch, e um remake de Nocturne.

Os detalhes, bem no estilo Atlus, ainda estão escassos; o trailer já dá a noção de que bem… é Shin Megami Tensei V, a história vai ser pesada e a dificuldade deve ser brutal. Fico feliz deles terem mantido o traço dos jogos anteriores (com leves mudanças) do que seguido a linha Persona.

Já o remaster de Nocturne sai em 29 de outubro no Japão tanto para Nintendo Switch como para PlayStation 4 e deve dar as caras no ocidente por volta do outono no hemisfério sul. Vou salientar o ponto do remaster pois é exatamente o que o trailer apresenta.

Não espere novidades na jogabilidade, não espere um jogo mais fácil. Espere, porém, que Dante seja cortado dessa versão já que Raidou Kuzunoha de Devil Summoner aparece no trailer. Dante estava na versão de PlayStation 2 devido a uma parceria entre a Atlus e a Capcom na época — tanto que as versões “Devil Trigger” de Dante e Vergil em Devil May Cry 3 foram feitos por Kazuma Kaneko da Atlus. Duvido que essa parceria aconteça de novo.

Outra possibilidade, muito bem apontada pelo RPGSite (Twitter), é que o remaster usará edição Maniax Chronicle. No Japão ela é um “relançamento” de Nocturne, mas foi a versão que recebemos no ocidente. A principal diferença é a possibilidade de escolher o modo “hard” sem precisar completar o game.

Atlus divulga trailer de Shin Megami Tensei V e remaster de Nocturne

About The Author
- Ex-colaborador da EGW e redator para o BABOO. Tento constantemente entender sistemas e relacioná-los às emoções e reações que sentimos nos jogos.