Persona 5 Strikers

Por um lado estou curioso em jogar Persona 5 Strikers, por outro, não sei se consigo lidar com mais 40 horas de Persona na minha vida. Seja como for, o spin-off musou feito pela P-Studio e a Omega Force está disponível a partir desta sexta (19) para quem comprou a versão Digital Deluxe no PC, PlayStation 4 ou Switch (R$349,00). Ele será lançado dia 23 para quem comprar a versão base (R$299,00). Uma versão física para PlayStation 4 já está confirmada o Brasil e chega na semana posterior ao dia 23.

O jogo se passa quase um anos após dos acontecimentos de Persona 5: Royal e divide muitos dos temas discutidos no RPG. Apesar disso, ele não requer que você tenha terminado o RPG para apreciá-lo. O que você pode precisar é de um tiquinho de paciência.

Pois, apesar de ser um Musou, Persona 5 Strikers segue um estilo bem diferente do que a Omega Force fez até então – até mesmo em Hyrule Warriors. Strikers tem uma grande ênfase na história e pelo o que eu pude ver até então, os mapas de batalha são um pouco menores do que você espera desse estilo de jogo.

Isso não quer dizer que ele não tenha outras mecânicas para compensar. Muitas das magias vistas em Persona estão presentes no jogo, o típico sistema de upgrade de armas e gerenciamento de equipe dá as caras mais uma vez e até onde sei é um prato cheio para quem é fã de Persona 5.

Não tenho certeza se conseguirei cobrir Persona 5 Strikers aqui para o site, mas de qualquer forma fiquem atentos para uma possível crítica no futuro.

Assista ao trailer de lançamento de Persona 5 Strikers

About The Author
- Ex-colaborador da EGW e redator para o BABOO. Tento constantemente entender sistemas e relacioná-los às emoções e reações que sentimos nos jogos.