Stronghold

A parte boa de um vídeo de quarenta minutos sobre Stronghold: Warlords é… bem… mais Stronghold: Warlords! A parte ruim é publicarem em plena sexta-feira (16), o que me garante o triplo de trabalho que eu teria em um dia comum.

A missão destacada é a “Armies of Yan”, que se passa durante o período dos Reinos Combatentes na China. Como alguém que jogou tanto a demo da PAX (preview) e a versão do Steam Summer Game Festival, já existem diferenças notáveis entre as duas versões e a apresentada no vídeo.

Até então as maioria das tropas tinha uma velocidade de movimentação relativamente “padronizada”, o que até dificultava justificar investir em unidades de porte pesado ao invés de fazer o “spam” de unidades leves que acontecia em Stronghold. A Firefly Studios deu uma repaginada nas animações e agora os arqueiros se movimentam mais rápido, mas estão muito mais frágeis; já as unidades pesadas usam dois tipos de movimentação: uma mais lenta fora do combate e uma ligeiramente mais rápida dentro do combate. Tal diferença vai ser crucial para ganhar batalhas e algo que a franquia precisava há muito tempo.

Outra mudança necessária de ser apontada é como a construção de muralhas e estruturas de defesa está muito mais fácil. O sistema completa muralhas automaticamente e você não tem que ficar tentando decifrar qual “peça” colocar como em Stronghold Crusader 2.

Fora isso ainda é bem perto do que foi visto até então de Stronghold: Warlords. Achei um tanto estranho a missão não começar dando um certo contexto histórico, mas como é uma versão beta, é possível que isso seja incluso depois. A jogabilidade está no ponto que eu quero para uma sequência — ousaria até dizer “reboot” — da franquia. Lenta o suficiente para garantir turtling mas com complexidade e diferentes recursos para não virar o mais puro tédio.

Recomendo você assistir tudo se está com o tempo livre. Saindo em setembro no PC, não creio que as mecânicas base ou algo que você presente no vídeo sofrerá alguma mudança drástica até lá; um ótimo ponto para você decidir se Warlords vai cair no seu gosto ou não.

Assista a 40 minutos da campanha de Stronghold: Warlords

About The Author
- Ex-colaborador da EGW e redator para o BABOO. Tento constantemente entender sistemas e relacioná-los às emoções e reações que sentimos nos jogos.