Railway Empire

Considerando o tamanho do Brasil, é decepcionante de ver o péssimo investimento (sem contar a influência de outros setores do transporte) na nossa malha ferroviária. Felizmente o novo DLC de Railway Empire – Crossing Andes – disponível no Steam, me faz imaginar um futuro (ou passado) diferente.

Tudo bem, eu confesso que o foco do DLC são as novas missões focadas na região dos Andes, que a Kalypso promete maior desafio em estabelecer rotas lucrativas e uma IA mais agressiva, mas o atrativo para mim é a inclusão de um mapa da América do Sul. Jogável tanto em modo Sandbox como em “free mode”, onde você ainda pode competir contra a IA, ela inclui as principais cidades do Brasil, 10 novos tipos de carga e duas novas locomotivas.

Assim como o mapa completo dos EUA, ele carece os detalhes de mapas menores, mas ao menos é América do Sul; ao menos alguma desenvolvedora se deu ao trabalho de criar localidades no Brasil que não seja mais uma favela ou um mapa multiplayer qualquer.

Railway Empire ainda não é comparável a clássicos como Railroad Tycoon, mas o trabalho da Kalypso em prover conteúdo adicional continua sendo digno de palmas. É um prato cheio para quem tem o mínimo interesse por trens e gerenciamento de transportes.

América do Sul é a nova localidade de Railway Empire

About The Author
- Ex-colaborador da EGW e redator para o BABOO. Tento constantemente entender sistemas e relacioná-los às emoções e reações que sentimos nos jogos.