Backbone

Assumo que depois da decepcionante adaptação de “Blacksad” dos quadrinhos para os jogos, meu interesse em Backbone diminuiu bastante, mas foi só re-jogar o prólogo disponível no Steam e ver que ele sairá em 8 de junho que já o coloquei na lista de prioridades quando o tema é adventures.

Em desenvolvimento pelos canadenses da Eggnut, Backbone é o típico adventure estilo noir onde um pequeno crime se desenrola em uma imensa trama. Você joga como o Guaxinim detetive Howard Lotor e explora uma Vancouver habitada somente por animais.

Se o prólogo for alguma indicação do que é a versão final de Backbone, espere um jogo menos focado em puzzles e muito mais focado em narrativa. A maioria das “investigações” são questões de ligar pontos meio óbvios e servem de pretexto para introduzir novos personagens ou expandir o pano de fundo protagonista.

Hoje em dia eu dou preferência a este tipo de adventure, tal como Unavowed que ainda permanece no topo de “melhores adventures que já joguei” aos bizarros puzzles dos anos 80 e 90. Só espero que Backbone não caia no trilho de “só mais um jogo bonitinho” e a história mantenha um formato interessante, e consiga se sustentar até o final.

Preço no Brasil ainda não foi divulgado.

Adventure “Backbone” sai em 8 de junho para PC

About The Author
- Ex-colaborador da EGW e redator para o BABOO. Tento constantemente entender sistemas e relacioná-los às emoções e reações que sentimos nos jogos.