É impressão minha ou está cada vez mais caro comprar sangue para jogos? Os fãs de Total War sabem bem do que eu estou falando, pois um novo Total War significa mais um DLC de sangue sendo vendido separadamente. Total War Saga: Troy não iria fugir à regra e a Creative Assembly lançou nesta quinta-feira (29) o DLC “Blood & Glory” por R$7,99 (Epic Games Store) junto com a atualização 1.3.0 e o kit de criação de mods.

Mesmo para aqueles que não tem o menor interesse em ver cabeças sendo decepadas e rios manchados de sangue – que é o que o trailer de anúncio promete – é uma boa hora para voltar a jogar Total War: Troy. A atualização 1.3.0 traz consigo uma nova divindade, Artemis, um novo modo foto e várias melhorias para o desempenho e para a IA dentro e fora do campo de batalha.

O último ponto me deixa particularmente feliz pois Total War Saga: Troy foi construído com base em uma versão modificada da engine de Total War: Warhammer ao invés de usar a de Three Kingdoms. Isto significa que no um futuro Total War: Warhammer III pode vir com um sistema de diplomacia mais robusto.

Agora, se isto não acontecer, a comunidade de Total War vai dar um jeito mais cedo ou mais tarde, o que também deve acontecer com Troy agora que o kit de criação de mods está disponível. Eu sei que vai ser mais “difícil” para o jogador médio ter acesso aos mods, já que muitos perderam o costume de acessar sites como o ModDB ou o Mod.io, mas não duvido que uma modificação para melhorar a IA e rebalancear as unidades dê as caras nas próximas semanas.

A lista completa de alterações da atualização 1.3.0, assim como detalhes sobre o modo foto e Artemis, estão disponíveis no blog oficial.

A Total War Saga: Troy ganha DLC “Blood & Glory” e kit para criação de mods

About The Author
- Ex-colaborador da EGW e redator para o BABOO. Tento constantemente entender sistemas e relacioná-los às emoções e reações que sentimos nos jogos.