Unexplored 2

“Eu ainda não acredito que esse jogo existe”, será que esse sentimento vai um dia desaparecer toda vez que eu iniciar uma partida de Unexplored 2? Espero que não, pois toda atualização do roguelike da Ludomotion é mágico. “Bathing with Giants”, o nome do quarto e lançado nesta sexta-feira (29) não é diferente.

Atualmente em acesso antecipado na Epic Games Store, uma das maiores adições é o sistema que a Ludomotion chama de “Theory of Place”. De forma “leiga”, o jogo agora irá gerar áreas e dungeons que sejam ainda mais naturais e coerentes para o jogador explorar. Este era um ponto forte do primeiro Unexplored e a sequência já prometia isso desde o começo. Eu fico muito feliz em ver cada vez mais esse aspecto melhorado.

Acompanhando esse novo sistema estão as seguintes novas áreas: The Unformed Labyrinth, The Ancient Bathhouse, The Forest Temple, The Hidden Shrine, The Spire Ruin, The Marang Keep e The Marang Temple.

Essas áreas fazem uma cadeia de quests chamada Root Awakens e Form Awakens. Ao invés do jogador iniciá-las da área central de Unexplored 2 – chamada Haven – elas são encontradas aleatoriamente em vilarejos dominados por clãs. Eu não preciso dizer, portanto, que são quests avançadas e quem não possuir o equipamento correto vai ser dar mal.

Para quem tem interesse em como funciona a nova geração procedural de mapas, eu recomendo – e muito – lerem o texto de Joris Dormans da Ludomotion no Game Developer. Agora, quem quer ver o sistema do primeiro jogo em ação, ele foi explicado com mais detalhes em um episódio de AI and Games.

Unexplored 2 ainda não tem data concreta para sair, mas se tudo caminhar como esperado, ele dará as caras também no Xbox em 2022.

4º atualização de Unexplored 2 adiciona quests e melhora mapas

About The Author
- Ex-colaborador da EGW e redator para o BABOO. Tento constantemente entender sistemas e relacioná-los às emoções e reações que sentimos nos jogos.