Desert Wings

Quem imaginaria que Cliffs of Dover, um dos jogos da série IL-2 Sturmovik que teve menos sucesso e a maior crítica por parte da comunidade, daria – quase dez anos depois – a volta por cima e ainda receberia uma expansão? Pois é, a 1C anunciou oficialmente nesta quarta IL2-Sturmovik: Desert Winks – Tobruk para o inverno (no hemisfério sul) deste ano.

A expansão, que começou como um mod pela Team Fusion Simulations, a mesma equipe que refinou Cliffs of Dover, expande o conflito para a região do norte da África, adiciona 40 novos aviões (incluindo variantes), 25 novos tanques e outros tipos de veículos como artilharia e transporte e 17 navios. Isso vem junto de uma campanha e uma “recriação” de 385x385km do mapa da região.

Apesar da campanha, os esforços da 1C estão para o multiplayer e o editor / criador de missões já que IL-2 Sturmovik: Cliffs of Dover ainda é um dos poucos da franquia, com a exceção de 1946, que permite mais de 100 aviões controlados por jogadores e outras dezenas de aviões controlados pela IA estarem presentes no servidor. Em contrapartida, é um dos jogos mais complicados de se aprender da franquia.  

A única coisa que me pouco empolga para jogá-lo é o preço, salgados US$69,99. Esse, infelizmente é o custo de simuladores para entusiastas e o motivo pelo qual eles não deslancham tanto quanto IL-2 Sturmovik: Battle of Stalingrad ou a tentativa de “realismo” de War Thunder. Todavia, prefiro pagar essa facada de cara do que lidar com mecânicas F2P.

Caso queira acompanhar o desenvolvimento da expansão, recomendo dar uma passada no canal da Team Fusion Simulations, que conta com vários vídeos da versão alpha e beta – em desenvolvimento desde o começo do ano passado.

1C anuncia IL-2 Sturmovik: Desert Wings – Tobruk

About The Author
- Ex-colaborador da EGW e redator para o BABOO. Tento constantemente entender sistemas e relacioná-los às emoções e reações que sentimos nos jogos.